terça-feira, 11 de julho de 2017

Caixa preta indestrutível de crânio firme de cabeça inalterável; BH, 020202007; Publicado: BH, 060802014.

Caixa preta indestrutível de crânio firme de cabeça inalterável,
É assim que, sinto este velho cérebro, indecifrável, totalmente 
Incompreensível, pai duma indecisão inexplicável, uma ininteligível 
Hesitação que, causa-me perplexidade por tanta irresolução; 
Portador duma indestrutibilidade que, não permite que, nada entre
No seu interior, com aval de tamanha indelebilidade, protege-se 
Contra a luz e a claridade, a fechar-se na indissipabilidade onde o 
Pensamento não sai, a ideia é inarrancável, o ideal é muito arraigado, 
No lado mais obscuro, a vontade é inextirpável, ao não ter quem a 
Coloque para fora, ou a deixe entrar e o poder e a força, idem, 
Indesenraizáveis; cérebro meu, meu desconhecido, quero estar
Acordado no dia em que acordares, gostaria de estar vivo, para 
Quando ressuscitares, abra esta porta, abra esta caixa, desembrulha 
Este embrulho em que estás metido; clareia e deixa a luz do sol e o azul 
Do céu entrarem, ilumina pelo lado de dentro, exploda para derrubares 
As barreiras, ou imploda para derrubares as estruturas; vamos lá, cérebro, 
Está na hora, guia-me e expulsa daí de dentro o passado, o presente e o 
Futuro, expulsa os complexos e as doenças, a fraqueza, a falta de força 
De vontade e a impotência; caso não queiras te abrir para os espíritos 
Dos vivos, abra-te, então, para os espíritos dos mortos; têm bons espíritos 
De mortos a vaguear por aí e a querer contatos superiores; vide somente 
Os bons espíritos, nada de espíritos maléficos, doentios e atrasados, 
Não te fechas no medo e nem na covardia; não te entregues à estupidez e
Nem à ignorância, quanto mais detestável, quanto mais ruim, quanto mais 
Indesejável, mais infeliz serás; cérebro, cérebro, basta de zanga com a 
Sabedoria, não tenhas mais aversão à inteligência e para que repulsão 
Ao raciocínio? não aumentas mais a minha indignação, não percas
Teu poder de encadeamento de argumentos; aprenda a tirar conclusão,
Acelera a operação mental de equacionar um problema e resolvê-lo e
Tenha cada vez mais dedução lógica de premissas; faça parte efetiva do
Conjunto do silogismo, com juízo, ponderação, observação, ação de pensar,
Refletir e recurso de argumentação apurada; posso não lucrar nada, mas,
Um cérebro arejado, oxigenado e bem hidratado, só pode causar prazer e  
Lucidez, só pode causar ufanismo, alegria e sentimento agradável; desejo,
Então, ter um cérebro assim, rápido no gatilho e sempre a sacar primeiro,
Aberto a tudo que for sadio para a mente, competente e eficiente na pulsação; 
Quero um cérebro racional, que faça uso dia e noite da razão que, não durma
Nunca e esteja sempre desperto na racionalidade e consciente elevado na 
Racionalidade; cresça e pareça, saia da caverna e quebra as algemas e os 
Grilhões, canta a liberdade, o amor à verdade e abomina a mentira, com 
Coragem e fé, ou do contrário, de nada adiantará a maneira que, passará a 
Agir; o maior bem que Deus deu a um homem, foi um cérebro com as 
Condições acima, o meu não é assim, gostaria que fosse, clamo para que
Um dia seja e eu possa agradecer a Deus, por cérebro tão iluminado, 
Visionário e cheio de criatividade; tem gente que não liga, não faz o cérebro
Vibrar e nem o agita para nada, não sou assim, comigo tem que ser diferente,
Não importa se a cabeça começa a doer, ele mesmo é que tem que ter o
Antídoto e o remédio; ele é que tem que ser a casa da lucidez, do equilíbrio
E da sensatez, e ainda tem que ter a moderação, não posso esquecer
Moderação em tudo que, faça o cérebro envelhecer; é lá que se encontra o
Elixir da juventude, o antro da jovialidade e do compromisso com a mocidade;
Quero só ver se amanhã vou me esquecer destas regras para manter o
Cérebro sempre em estado de sublimação; quero-o sempre em estado
Sublimado e portador de pensamentos sublimes; não posso, amanhã, agir
Diferente, ele me controlará, não me deixará em estado vulgar, normal, sempre
Excessivo em excesso em qualquer situação; amanhã, quando deixar de
Sonhar, me ajudará a transformar o sonho em desejo de realidade com
Início e meio e fim; depois de curado da fotofobia, vitaminado, e vitimado as
Trevas cerebrais, estará pronto para lutar melhor pela vida, a defender a
Sobrevivência, ao entender e ao não ter medo da morte; nem de fantasmas
E nem de cara feia, medo de mais nada, pois será tanta a energia capaz de
Destruir o medo, que será abolido; e assim, por benefício, será sacrificado e
Oferecido a Deus, será a oferta feita a Deus, como se fazia antigamente, com o
Cordeiro ou outras oferendas, desde o tempo de Abel em seus diálogos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário