segunda-feira, 17 de julho de 2017

É para ser o fibrilífero e o ente que tem muitos filamentos e fibras; BH, 02007020070270402008; Publicado: 070602014.


É para ser o fibrilífero e o ente que tem muitos filamentos e fibras
E que imane fibroso, imã cheio de fibrilas, magnetismo com
O conteúdo carismático da fibrina, a proteína insolúvel que,
Constitui a parte essencial do coágulo sanguíneo e é 
Formada pela ação do fibrino fermento sobre o fibrinogênio;
Com o fibrino fermento, trombine, transforma o que existe
No plasma fibrinoso, no ectoplasma carnoso; é o simulacro
Celular do meu organismo desorganizado, os meus
Elementos parecem que estão disconformes com as leis da
Natureza; não cogito nada que eleve o meu ânimo, não
Possuo algo que me faça me sentir energizado; não
Aparento e nem possuo virilidade e nunca deflorei uma
Virgem; e contar as vantagens que todo homem conta, eu
Nunca poderia contar e ser o fibrilífero, o ente que tem 
Muitos filamentos sorológicos e fibras enferrujadas;
Imane, fribiloso, decadente, imã cheio de fibrilas impotentes
E magnetismo frustrado com o conteúdo carismático da
Fibrina; a proteína insolúvel, que constitui a parte essencial
Do coágulo sanguíneo no parto e na formada opinião pela
Ação do fibrino, fermento sobre o fibrinogênio, que não
Cresce e faz com que o fibrinofermento, não componha o
Pão nosso de cada dia; e nem o bolo, a trombine, que
Transforma o que existe no plasma fibrinoso no ectoplasma
Nervoso enganado pelos simulacros que fogem à vida no
Abismo do buraco negro real; então, cuidado para não cair
Em tentação, o único que cai e não levanta mais é o ser
Humano; outro animal qualquer levanta, indiferente a tudo
Ao seu redor, a raça humana é a que tem essas prerrogativas
De querer prioridade, de querer regalias por se pensar uma
Raça superior; a humanidade é que tem a mania de bater no
Peito e se chamar de racional, nunca vi piada pior do que
Essa; racional, homem racional, chamar um animal tão mesquinho,
Egoísta, consumista, de racional, é duma estupidez maior do que 
A estupidez do pior estúpido; haja ignorância, haja imprudência,
Haja brutalidade, pois todos já esquecemos a civilidade e abrimos
Mão da nossa civilização e o que é que vemos então? rusticidade;
Ausência de espiritualidade e fazemos questão de demonstrar
Diante dos olhos de todos a nossa falta de educação, de cultura,
De dignidade e vestimenta; continuamos a mostrar as nossas
Nudezas, juntamente com a nossa mudeza, continuamos com as
Nossas vergonhas de fora, do mesmo jeito que o colonizador nos
Encontrou, estúpidos; e o maior absurdo é que fazemos a maior 
Absurdidade de não mudarmos, não querermos evoluir, reagir
Contra o atraso; e não querermos voar, adaptar ao presente e
Encarar o futuro, temos o maior medo do desconhecido, temos o
Maio medo do escuro; parecemos crianças choronas longe dos
Pais e a tudo queremos que Deus resolva e não fazemos nada
Por nós mesmos; a tudo pedimos aos santos para intercederem
Por nós e não intercedemos em nada por nós, esquecemos de
Lutar; não combatemos e à primeira derrota voltamos à casa
Abatidos, imolados e melancólicos e é hora de lutarmos outra
Vez; um dia, venceremos e deixaremos de ser este povo derrotado,
Sem trabalho, sem sem segurança, sem saúde, sem moradia, sem
Transporte, sem educação, sem soberania, sem cidadania, sem
Salário, sem lazer, sem esperança e a ver só a vitória da elite e a
Felicidade da burguesia, enquanto o povo em sua maioria, a Situação é só de miséria, de pobreza, de desgraça, de tragédia e de Catástrofe; enquanto os políticos, na corrupção, na sonegação, o Povo tem é a polícia na rabeira e o cassetete no lombo, quando não Leva um tiro de bala perdida na cabeça e vai pro beleléu; sem Sonhos, a viver o pesadelo de cada dia, espremido dentro de ônibus Lotados, sem conforto, a pagar a passagem mais cara do mundo, Segue para o trabalho já de madrugada, para não chegar atrasado e O patrão não vir encher o saco; engole o feijão, come o pão duro vive O mês todo duro e tem nem para beber uma cervejinha; a diversão é A televisão, o que é a pior opção, que um cidadão pode ter, Principalmente aos domingos, que tem que ficar em casa e
Para não ficar sem fazer nada, é obrigado a assistir a programação Que só colabora para acelerar a sua inanição e insanidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário