sexta-feira, 14 de julho de 2017

Rap do hip hop do é em vão; BH, 0260102007. Publicado: BH, 0140702014.

É em vão, a vida é em vão, tudo é em vão, já diziam,
É vaidade; é em vão, o mundo é em vão e está 
Errado, é em vão, se valesse a pena ter pena e 
Caridade; se ao menos valesse a pena a bondade e 
O fazer o bem, mas é em vão, todo mundo quer é 
Dar porrada na cara; ninguém quer levar e quem 
Leva, tem o nariz quebrado, o olho roxo, o queixo
Rachado e inda sai a dizer que nunca apanhou; é 
Em vão, o voo é em vão, estender a mão, então, 
Nem pensar; pedir emprestado, só se não pagar, 
Pedir ajuda é a maior vergonha, a paz é em vão, o 
Amor é em vão, a canção é em vão; o que mais se 
Vende é a droga, veneno e armas, armas e armas,
E sonhar é em vão, a escada que não nos leva 
Para cima e o degrau que nos enterra no chão; é o 
Fogo das queimadas das florestas, é a fumaça feia 
Na nossa fauna e flora; é em vão, toda tentativa 
De proteção à nossa natureza, é em vão, só sei 
Dizer que é em vão; a palavra, a verdade e a 
Realidade, o que vinga é a mentira, a falsidade e o
Silêncio; a coragem é em vão e o que permanece 
É a covardia e a injustiça; ódio, onde estás? raiva
E rancor, onde estais? saiais de dentro do coração;
Ira, raiva, horror, pareis de espalhar o terror,
Pareis de esparramar a discórdia; a humanidade
Precisa é de irmandade e que não seja em vão; e
A fome, a fome não é em vão, a fome é política,
Enriquece políticos; a fome elege empresários,
Mata os famintos e imortaliza os donos da comida;
A fome não é em vão, a guerra e a religião também
Não, todo mês é um bilhão para a guerra e para a
Religião e para a fome nenhum grão; é em vão a
Indignação, é em vão o repúdio ao sistema e à
Sociedade; é em vão o total desprezo à burguesia
E à elite, é em vão a excitação poética e a libido
Sexual; é em vão a criatividade e a inspiração:
Poesia não muda o mundo mais não, a linguagem
Agora é muda; é a não cultura, a ante-arte, a
Mãe é em vão, o pai é em vão, a família é em vão
E não precisa-se respeitar mais ninguém não; o
Respeito é em vão, ninguém quer a educação, a
Cultura, a informação, é em vão; pensar, era tão
Bom antigamente pensar e hoje quem é que
Quer pensar, que sabe pensar, quem é que tem
A paciência para nos honrar com um pensamento
De alto gabarito? fala logo que é em vão, a 
Filosofia é em vão e a metafísica é em vão e a
Ciência, tem gente que pensa que a ciência
Abomina e enche o saco, essa gente é em vão; o
Indiferente é em vão, o ignorante é em vão, o que
Tem medo da luz, aborrece a sabedoria e fala mal
Da inteligência, é em vão; essa gente é em vão, se
Abarrota de dinheiro, compra o mundo inteiro,
Compra o homem, compra a mulher, compra a
Beleza sem ser belo, essa gente é em vão; não tem
Raiz nem dimensão, não teve cordão umbilical, o
Útero foi um tubo de ensaio, não teve a proteção da
Placenta, o amor duma mãe, diz que é em vão; o
Carinho dum pai, diz que também é em vão; para
Que meditação? perguntas, para que contemplação?
Perguntas, para que concentração? perguntas e
Respondes: é em vão, cantar é em vão, música é em
Vão; eu, até hoje, busco não ser em vão, porém, sei
Que morrerei a ser um ser em vão; minha morte será
Em vão, bem como minha vida: em vão; não fiz nada
Pela nação, não deixei uma obra ou uma formação
Rochosa, de areia era o meu chão; não pisei em
Terra firme, nunca tive ereção e a ejaculação foi
Sempre precoce, fiz um sexo em vão; não sustentei o
Prazer da mulher, fui um homem em vão e agora
Cinquentão, jé entrado na terceira idade, deixo o
Mundo na mão: em vão; quem buscou em mim
Refúgio, ficou por conta própria, quem depositou
Em mim esperança, saiu decepcionado; quem andou
Ao meu lado, de repente, se viu sozinho, quem olhou
Para mim, não me enxergou; e quem falou comigo,
Ficou sem respostas, não tive palavras, permaneci
Mudo; quem procurou em mim calor e luz, sentiu a
Frieza da treva pura: fui um super-homem em vão. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário