segunda-feira, 3 de julho de 2017

Meus modos são os de seres consagrados pelas tradições; BH, 02602701102000. Publicado: BH, 0180802014.



Meus modos são os de seres consagrados pelas tradições 
Pois, não aprendi a ter comportamento moderno, a filosofia 
Dum vestuário feminino da moda, a metafísica dum casaco 
Bem cortado e duma saia bem moldada; e desde da idade 
Da pedra, não tenho trajo adequado, característico e só 
Moda da pré-história, mania sem particularidade, com modo 
Vulgar de prática geralmente observado pelo uso do absurdo, 
Do habituar-me a não identificar o costume; e o acostumar-me 
A não adaptar-me ao hábito de costumar com o não ter costume 
De corte de cabelo de cada lado do rosto, de comer a costela 
De certos animais, separada com carne aderente, com a 
Qualidade da costeleta que, falta-me por esposa, por caverna de 
Navio, o osso curvo e alongado que, ao partir com outros das 
Vértebras dorsais, concorre à formação da caixa torácica; o que 
Navega junto à costa, o costeiro relativo a seguir de perto a 
Navegar, a costear e fazer a costeagem do costa-riquenho, o 
Natural da Costa Rica; e do livro auxiliar de escrituração mercantil
E de derivado de cada uma das partes extremas de um ronco 
Serrado em diversas tábuas, a gerar papel de qualidade inferior
Que, envolve as resmas da costaneira, da Pela de cangalho; ao
Trazer às costas o arrependimento, a curva costal, a falta do texto 
Refinado, o escrito mal acabado, o pensamento que não é 
Completo, como o costado de quatro, pranchas que revestem 
Exteriormente as cavernas dos navios; preciso ter a oportunidade 
De estar fiado ao patrocínio de alguém que, queira ajudar-me,
Não consigo ter forças para suportar-me, quero fugir de mim às 
Largas, mostrar as entranhas quentes; sei que vou vir naufragar, 
Vou encalhar, pois só sei ser reverso, só sei ser a parte posterior, 
Tais a de vários objetos e não fico de frente, nem para mim mesmo; 
Meu lombo é de negro escravo, só serviu para as chibatadas, as 
Chicotadas das torturas nas senzalas; meu tronco humano, meu 
Dorso, sempre esteve preso no tronco do pelourinho; não tenho
A liberdade de um litoral de região à beira-mar, nunca cavalgarei 
Igual ao povo cavaleiro das estepes da Rússia, os cossacos, a 
Milícia russa montada a cavalo; o cossaco garboso, elegante, 
Corajoso, guerreiro: sinto muitas cócegas, não sou um homem 
Sério e por mais que tente passar uma imagem de seriedade, 
Torna-se impossível, devido ao teor cosquento que tenho no 
Corpo; nasci no cosmos e um cosmorama, na série de visitas 
De diversos países observados por aparelhos ópticos que, 
Ampliam, gostaria de servir para esse fim, ter uma visão assim, 
Possuir um cosmopolitismo de uma cidade de gostos, hábitos e 
Vida avançados, de caráter internacional; e ser natural como a
Planta que é espontânea em várias regiões da terra e à pessoa 
Que, viaja muito e que, vive em vários países, tipo um cosmopolita 
Cosmonauta, ou o astronauta que está em todo o planeta a desafiar 
Toda a cosmometria, toda a ciência que trata das distâncias 
Cósmicas; conhecer o limite cosmológico, ser aquele que trata de 
Cosmologia que, é versado nela, tem conhecimento cosmológico 
Das leis gerais que regem o mundo físico e a descrição astronômica
Inserida na cosmografia e do sistema hipotético da formação do 
Universo e da cosmogonia do caos; quero, pois, avançar para o meu 
Futuro cósmico o quanto antes, graças a Deus não uso e nem usarei 
Ingrediente utilizado para o meu embelezamento da pele e dos cabelos, 
Já que, a mídia não consegue seduzir-me com propagandas de
Cosméticos; quero caminhar unido comigo e como o meu espírito, 
Unir minha alma muito, com alguma coisa de mim; costurar meu espírito 
Na fonte da minha mente, coser com pontos de agulha para deixar bem 
Seguro, como o bem distribuído entre várias companhias seguradoras, 
O meu eu com seguro em cosedura espiritual, manter meu romance n
Cosedor igual livro no aparelho encadernador que, traz a semelhante 
Co-secante, a função trigonométrica, ou circular, cuja variação é inversa 
Da do seno; rio de cosca no cós, na tira de reforço de pano que rodeia 
As saias e as calças à altura da cintura que não esconde a barriga, não 
Encobre o volume do ventre avantajado que, tanto envergonha o exibidor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário