segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Aja com despretensão e com falta de pretensão; BH, 090402001; Publicado: BH, 02601202013.

Aja com despretensão e com falta de pretensão
E desambição e soberba; pois saiba que,
Quanto mais ambição tiveres em ser rico,
Alguém terá que tornar-se pobre, para ocupar
O teu antigo lugar; não tentes em conseguir
Prestígio, pois alguém terá que viver no
Desprestígio, para que consigas o teu;
Aprenda a desprestigiar a si próprio, a tirar
O teu prestígio, a depreciar a ti, para que
Alguém seja prestigiado em teu lugar;
Bastes com o teu despreparo para a vida,
Afastes a tua falta de preparo para a
Morte; não exponhas a tua inexperiência
De ser humano, aprendas a livrar, ou a
Isentar de preocupação o teu irmão;
Espero que sejas um a despreocupar o
Teu semelhante, a deixá-lo despreocupado,
Tranquilo e sem receio; ajas também
Com despreocupação, como o estado de quem
Se encontra sereno, no teu desprendimento, no
Teu desprender das coisas materiais; o teu
Estoico, altruísmo e abnegação pela
Contemplação, aumentarão o teu desinteresse
E a busca pelo viver desprendido; pelo viver a desatar,
A desligar os holofotes, a soltar o ser que
Estava preso; prenda então a desprender,
A desenrugar a face, a desfazer as pregas do
Rosto; a desunir as raízes do mal, a separar
O joio do trigo e a despregar os pregos das
Paredes do teu coração, para que bem
Despregado, bata solto e desfraldado, como
Bandeira branca da paz, ao vento brando
Da tarde sem desagrado; e ao impedir o que
A falta de prazer faz, como o desprazer,
Que causa o despovoar e faz privar e
Diminuir a população; a gerar lugares
Que não têm casas, nem habitantes, a gerar
Desertos que não são habitados e despovoados fantasmas;
E assim venceremos o despotismo, baniremos a
Autoridade déspota, de poder absoluto e
Arbitrário, baseado na tirania e no sistema
De governo, que se funda nesse poder despótico,
Um próprio de tirânico, de opressor;
Colecionador de restos mortais. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário